Cuiaba (MT), 29 de setembro de 2020 - 03:19

Artigo

16/09/2020 10:18

Fenomenal

Se olharmos para o nosso histórico de vida, iremos perceber quantos encontros e desencontros já tivemos. Alguns deles foram marcantes a ponto de mudarem a nossa história, já outros, apesar da lembrança, no fundo, desejaríamos esquecer.

Um encontro bíblico muito conhecido e que revolucionou a vida de uma mulher foi o encontro entre Jesus e uma mulher.

 

A mulher que fora pega em adultério, havia sido levada a Jesus e jogada ao chão por alguns líderes e fariseus que, enfurecidos, com pedras em suas mãos, ansiavam o momento certo para apedrejá-la até a morte.

 

Será que você é igual aos mestres da lei e fariseus, que imbuídos da ausência de empatia e total desprezo à condição humana, aprecia apontar os erros para as pessoas? Será que existe harmonia entre o seu ímpeto em apontar os deslizes alheios e a autorreflexão que você deveria fazer sobre as suas falhas?

 

O Mestre que viveu imaculado de pecado, dotado de todo direito de sentenciar a vida daquela pecadora, em atitude benevolente, começa a escrever na areia do mesmo chão que dividia o corpo da jovem aos pedaços: físico, mental, emocional e espiritual; os pecados cometidos por aqueles homens irados e soberbos de razões.

 

A pergunta central, capaz de ensinar até hoje as gerações, está relatada no Livro de João, capítulo 8, que diz: “Quem de vocês estiver sem pecado, que seja o primeiro a atirar uma pedra nesta mulher!”.

 

E os homens, ao perceberem que o imaculado Jesus Cristo proferiu essas palavras, e vendo os seus pecados revelados ali, eles então tiveram um encontro consigo mesmos, ao perceberem quão miseráveis eram suas condições, enquanto pecadores e, naquele instante também, como julgadores.

 

Todos os homens, envergonhados, foram embora. Viver em pecado é a certeza de viver uma vida sem plenitude.

 

Jesus olha dentro dos olhos daquela mulher e diz que não havia mais ninguém para condená-la. Que a partir daquele momento ela poderia criar uma nova história, um novo rumo, um novo começo.

 

A música “Fenomenal” do Ministério Amiel descreve essa cena: “Pedras nas mãos; olhares de acusação; um corpo estendido no chão; dedos mostram erros; de um pecado atroz; poderia ser qualquer um de nós; O pecado é assim; destrói a ligação; mas Cristo sempre vem religar; ele pega em suas mãos e diz: vai e não peques mais”.

 

Quantos encontros nós já tivemos nesta vida? Quantas situações embaraçadas nos envolveram? Quantas vezes estamos com “pedras em nossas mãos” para destruir a vida de outra pessoa, com comentários maldosos? O quão pecador somos, e nos escondemos atrás de nossas máscaras para apresentar uma reputação perfeita, porém, a imagem real é podre e cheira mal.

 

Aqui estamos vendo o encontro de uma mulher com o Mestre, apesar disso, poderia ser o encontro de qualquer um de nós. Somos indivíduos que até tentamos fazer o que é bom, contudo, infelizmente, acabamos por fazer aquilo que é errado. Perdemos a ligação e a conexão com o nosso Criador.

 

Mas o amor de Deus nos dá diversas oportunidades para seguir no caminho sensato. A bela canção ainda descreve: “O amor de Deus é assim; restaura; nos dá um novo coração; ele pega em suas mãos e diz: vai não peques mais”.

 

Como é bom saber que no encontro com Deus dificilmente seremos a mesma pessoa. Podemos ter uma vida transformada e restaurada, assim como foi a dessa mulher, por mais pecadores que sejamos.

 

O encontro com o Mestre é fenomenal, pois Ele muda o nosso ser, Ele reescreve a nossa vida, Ele transforma o nosso coração, Ele muda os nossos pensamentos e Ele muda o nosso jeito de ser e de viver.

 

A mensagem central dessa reflexão é reafirmada pela música do Ministério Amiel: “Quando o Salvador te encontra, nada mais fica igual; quando o Salvador te encontra; não dá para entender o que ele faz por você; é fenomenal”. Tenho certeza que o nosso encontro com o Criador será inesquecível e prodigioso. Você deseja, hoje, ter essa transformação fenomenal?

 

Francisney Liberato Batista Siqueira é auditor público externo do Tribunal de Contas de Mato Grosso.


Resumo Online

E-mail
Redação: redacaocopopular1@gmail.com

Telefones
(65) 3052-6030 / (65) 3052-6030

Todos os Direitos Reservados para Resumo Online

Crie seu novo site Go7
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo