Cuiaba (MT), 10 de julho de 2020 - 15:07

Geral

PLANOS JUNTOS 30/06/2020 10:41 Gazeta Digital

Namorado de rapaz que morreu de covid se despede em carta

Weder Campos, namorado de Willian Neder Cohene Junior, que faleceu no último domingo (28), publicou uma longa carta se despedindo do companheiro. “Só Deus sabe a dor que estou sentindo”, escreveu nesta manhã de segunda-feira (29). Os dois estavam lutando contra o novo coronavírus.


O casal, diagnosticado com a covid-19, estava separado, pois cada um cumpria o isolamento social e aguardava pela recuperação. Infelizmente, Willian Neder não resistiu e acabou morrendo, em apartamento no bairro Bosque da Saúde.


Por conta da doença, Weder não poderá nem mesmo se despedir de Willian, porque a realização de velórios está vedada durante a pandemia.

 


“Tínhamos tantos planos juntos, pra sempre eu prometo que vou te amar! Você me ensinou o verdadeiro sentido do amor... Obrigado por tudo, olhe sempre por mim, cuida de mim onde quer que você esteja”, escreveu Weder, em seu perfil no Facebook.


Na carta, ele ainda conta sobre os planos que tinham feito juntos, como comprar um apartamento, ter um carro e adotar filhos. “Mas eu prometo nunca me esquecer de quem você foi e ainda é pra mim”, disse em um trecho.


O companheiro ainda publicou no dia 22 de junho que estava internado na Policlínica do Verdão, com covid-19. Ele alertou aos amigos que a doença não é brincadeira, pois foi internado fazendo o uso de oxigênio.


Um print de uma conversa do casal no WhatsApp circula nas redes sociais, e também causou comoção. Na conversa, Weder diz que espera deixar a internação logo. “Me promete que se algo acontecer nunca vai esquecer de mim?”, questiona em um trecho.


O caso


Vizinhos de um edifício no Bosque da Saúde presenciaram a agonia de uma família em busca de socorro para um jovem de 23 anos, diagnosticado com a covid-19 e que se recuperava em casa. Infelizmente, Willian Neder Junior não resistiu e acabou morrendo antes mesmo de que alguma equipe médica chegasse no local.


De acordo com as informações, por volta das 9h30 de domingo (28), testemunhas ouviram uma mulher gritando, pedindo ajuda.


Quando chegaram, os policiais foram informados que o filho da mulher, de 23 anos, estava em casa, isolado, após ser diagnosticado com coronavírus. Mas, começou a passar mal, deixando a mãe desesperada. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegou a ser acionado, mas não chegou a tempo.

Galeria de fotos

image
 

Resumo Online

E-mail
Redação: redacaocopopular1@gmail.com

Telefones
(65) 3052-6030 / (65) 3052-6030

Todos os Direitos Reservados para Resumo Online

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo