Cuiaba (MT), 15 de abril de 2021 - 01:19

Polícia

MENINA DE 9 ANOS 02/03/2021 10:05 GAZETA DIGITAL

Investigado em operação movimentou R$ 10 milhões na conta da filha, diz Polícia Federal

Polícia Federal deflagrou a Operação Ouro Sujo, na manhã desta terça-feira (2), com objetivo de investigar um grupo criminoso que movimentou até R$ 100 milhões em menos de 5 anos. O dinheiro é fruto da exploração ilegal de ouro em Mato Grosso. Um dos investigados usava a conta bancária da filha de 9 anos nas ações ilegais e movimentou quase R$ 10 milhões.

De acordo com as informações da Polícia Militar, são 5 mandados de busca e apreensão e 3 de prisão temporária expedidos pela Vara Federal de Cuiabá. As ordens estão sendo cumpridas em Pontes e Lacerda e Vila Bela da Santíssima Trindade.

 

Consta na investigação da PF que o grupo vinha atuando há mais de 5 anos e que nesse período de investigação, as movimentações financeiras dos suspeitos atingiram o valor de R$ 100 milhões de reais.

 

Um dos investigados, que não teve a identidade revelada, usava a conta bancária da filha, uma menina de 9 anos, para movimentar o dinheiro ilícito. Acredita-se que ele movimentou quase R$ 10 milhões em apenas dois anos.

 

Polícia Federal

Papagaio de Ouro 3

 

Ouro sujo

Agora, a PF quer buscar novas provas para se aprofundar na investigação do caso e apreender também patrimônio adquirido por meio do crime. Foram sequestrados, por determinação judicial, carros, imóveis, bloqueios de contas e suspensão de uma empresa que atua como ‘instituição financeira clandestina’, em Pontes e Lacerda.

 

O nome da operação, Ouro Sujo, faz uma referência ao fato da extração e da comercialização do minério ocorrer de maneira ilegal, de forma clandestina.


Resumo Online

E-mail
Redação: redacaocopopular1@gmail.com

Telefones
(65) 3052-6030 / (65) 3052-6030

Todos os Direitos Reservados para Resumo Online

Crie seu novo site Go7
vers�o Normal Vers�o Normal Painel Administrativo Painel Administrativo