Cuiaba (MT), 18 de maio de 2022

Cidades

15/12/2021 16:25

Projeto social retoma 2022 com mais avanços

Dar às famílias em estado de vulnerabilidade social a condição de ter um alimento nutritivo nas primeiras horas da manhã, ou um reforço alimentar para qualquer hora do dia. Essa é a finalidade do projeto de distribuição de pão, desenvolvido pela secretaria de Assistência Social, que neste ano, em função da pandemia, voltou a operar no mês de outubro atendendo 236 famílias.

Como explica a titular da pasta, Ana Cristina Vieira, esse número de famílias atendidas já foi maior, porém a pandemia inviabilizou a realização de vários projetos desenvolvidos pela pasta e um deles foi o curso de panificação, cuja produção atendia a esse e outros projetos desenvolvidos pela pasta.

"Já elaboramos um planejamento de ações que serão colocados em prática no próximo ano, um deles é criar alternativas das mães terem acesso a cursos de capacitação e que possam dessa forma fazer o seu próprio alimento, porém essa ação não vai inviabilizar a entrega do pão para as famílias cadastradas", informou a secretária destacando que o mais importante nesta ação é a função social do projeto uma vez que para muitas famílias o pão é considerado produto caro e que não faz parte da alimentação matinal.

Os beneficiários são referenciados através do Número de Inscrição Social ? NIS, que permite atender aos necessitados de uma mesma família, com 3 pães por pessoa entre crianças, idosos e pessoas com deficiências. "Todas as pessoas que recebem esses alimentos com certeza necessitam desse reforço alimentar", asseverou Ana Cristina.

Ela disse que desde que assumiu a pasta, vem mantendo contato com as famílias inscritas nos projetos e programas sociais mantidos pela Secretaria de Assistência e que em todos os encontros pode perceber a necessidade de se investir em capacitação, criar mão de obra especializada e dessa forma dar condições para que essas famílias possam se empreender seja para consumo próprio, ou na geração de renda. "Com essa proposta vamos retomar e aperfeiçoar todas as nossas atividades. No caso do projeto de distribuição do pão vamos buscar parcerias de serviços para a retomada do curso de panificação, dentre outros que possam contribuir para a renda familiar. O nosso papel enquanto gestora pública é buscar ferramentas que possam melhorar a qualidade de vida das pessoas, principalmente aqueles que necessitam do aporte do poder público".

A moradora do bairro Princesa do Sol, Maria dos Santos, 70 anos, abriu as portas de sua casa para ser um ponto de entrega do alimento. Ela que tem 16 bisnetos, também é uma das beneficiadas. "Esse projeto é bom para toda a família, principalmente para as crianças porque chega sempre a uma boa hora, e até porque não é todo o dia que temos dinheiro para comprar o pão".

Quanto à opção em aprender a produzir pão e outros produtos alimentícios, dona Maria dos Santos disse que a ideia é boa e que vai motivar muitas pessoas a ter uma profissão, ou de aumentar a renda vendendo os itens criados nos cursos de capacitação.


Veja também sobre projeto retoma social

Resumo Online

E-mail
Redação: [email protected]

Telefones
(65) 3052-6030 / (65) 3052-6030

Todos os Direitos Reservados para Resumo Online

Crie seu novo site Go7
vers�o Normal Vers�o Normal Painel Administrativo Painel Administrativo