Cuiaba (MT), 28 de junho de 2022

Geral

1.180 METROS 11/05/2022 15:02 Redação

Mato Grosso ganha nova central de recebimento de embalagens vazias de defensivos agrícolas

A central de Querência atenderá produtores de 15 cidades do Norte Araguaia e ampliará ainda mais a malha de recebimento no Estado, que conta com 36 unidades em regiões estratégicas.

No próximo dia 11 será inaugurada em Querência a nova central de recebimento de embalagens vazias de defensivos agrícolas do inpEV, entidade gestora do Sistema Campo Limpo. Com 1.180 metros2 de área construída, terá capacidade para processar mais de 1 mil toneladas/ano de embalagem. 

Quer ficar bem informado em tempo real? Entre no nosso grupo e receba todas as noticias (ACESSE AQUI).

Além de Querência, a nova unidade atenderá agricultores de mais 14 municípios: Alto Boa Vista, Bom Jesus do Araguaia, Canabrava do Norte, Confresa, Luciara, Novo Santo Antonio, Porto Alegre do Norte, Ribeirão Cascalheira, Santa Cruz do Xingu, Santa Terezinha, São Félix do Araguaia, São José do Xingu, Serra Nova Dourada e Vila Rica. 

O gerente de Operações do inpEV, Antonio Carlos Amaral, explica que a inauguração ampliará ainda mais a malha de recebimento de embalagens no Mato Grosso, chegando a 36 unidades nas regiões estratégicas do estado. “Em 2021, foram destinadas corretamente cerca de 53,5 mil toneladas de embalagens de defensivos agrícolas no país, um aumento de 7% em relação a 2020. Somente o Mato Grosso respondeu por 25% do total, sendo o primeiro no ranking nacional”. 

De acordo com a coordenadora regional de Operações do inpEV, Rosângela Soto, como a região de Querência é uma nova fronteira agrícola, cresce de forma constante. “O inpEV precisa acompanhar este processo para atender à expansão da demanda local. Daí a importância desta inauguração no munícipio, que, individualmente, é o maior produtor de soja, milho e algodão do Norte Araguaia”, explica. 

Rosângela diz que desde 2005 o município conta com um posto de recebimento, que é gerenciado pela Ardava (Associação dos Representantes de Defensivos Agrícolas do Vale do Araguaia) e recebe, em média, 400 toneladas de material por ano. “Com a inauguração, as duas unidades irão coexistir por um breve período. Para não causar transtornos para o agricultor, faremos uma transição gradual até que todas as entregas passem a ser feitas na nova central do inpEV”, destaca Rosângela. 

A nova unidade é gerenciada pelo inpEV de acordo com o Programa de Gestão Integrada das Centrais de recebimento e com as leis que regem a sua atividade – Lei 9.074/00 e seu decreto regulamentador 4.074/02.


Resumo Online

E-mail
Redação: [email protected]

Telefones
(65) 3052-6030 / (65) 3052-6030

Todos os Direitos Reservados para Resumo Online

Crie seu novo site Go7
vers�o Normal Vers�o Normal Painel Administrativo Painel Administrativo